You are here

Miguel Pinto defende dissertação de mestrado intitulada "Distribuição de Hiper-cubos em Ambientes Distribuídos"

A prova de Mestrado em Informática, requerida por Miguel Filipe Dias Pinto e subordinada ao tema "Distribuição de Hiper-cubos em Ambientes Distribuídos", realiza-se no dia 13 de Julho 2011 pelas 15h30, no anfiteatro A2 do Departamento de Informática. A sessão é aberta a todos os interessados.

O júri para esta prova tem a seguinte composição:

  • João M. Fernandes (UMinho) - presidente
  • Jorge Loureiro (IPViseu) - arguente
  • Orlando Belo (UMinho) - orientador

Resumo da dissertação

Nos últimos anos as organizações sofreram um crescimento exponencial de dados com necessidade de análise e o aumento do número de agentes de decisão a consultarem os sistemas de processamento analítico obrigam a melhoramentos de desempenho dessas plataformas. A distribuição das estruturas multidimensionais por diversos servidores ajuda a melhorar o rendimento destes sistemas, não causando muitos encargos financeiros. Mas, apesar dos ambientes distribuídos serem de custo reduzido, muitas das organizações não podem ter gastos financeiros com material dedicado, salientando-se, em especial, a solução de distribuir os hipercubos em ambientes Grid. Estes ambientes permitem o reaproveitamento de recursos da organização, não tendo de estar dedicados apenas para o processamento de dados, permitindo reduzir os custos da implementação e aumentar a eficiência global muito facilmente. Os recursos computacionais podem estar distribuídos geograficamente e mesmo fazer parte de uma outra organização. De forma a tirar proveito da potencialidade dos sistemas Grid é importante um bom escalonamento das tarefas e dos dados, para tal, uma previsão sobre a disponibilidade dos nodos para um determinado momento pode facilitar esse escalonamento, sabendo quais os recursos com capacidade de processamento e armazenamento para um determinado dia é possível distribuir antecipadamente as várias vistas de utilização de um hiper-cubo, aumentando, com um bom escalonamento, o desempenho da plataforma analítica.

A aplicação de modelos automáticos na distribuição das diversas vistas de um hiper-cubo, pode ter em conta muitas considerações. Em que postos os utilizadores consultam as estruturas multidimensionais e que vistas cada um usa. Estas considerações, em conjunto com a previsão da disponibilidade da grid, podem ser importantes para uma boa distribuição dos dados. Neste contexto, os modelos de distribuição vão tentar distribuir as várias vistas pelos nodos próximos dos utilizadores, diminuindo o tempo de transporte de dados e aumentando o desempenho na consulta de um hiper-cubo.

05.07.2011

início contactos RSS Feed última actualização: 16-Abr-2020 partilhar facebook
Drupal theme by pixeljets.com D7 ver.1.1